top of page

Toda mãe tem sua jornada: Relato de uma mãe atípica na Luta pela compreensão e empatia


Cada mãe tem sua própria jornada e enfrenta suas próprias batalhas, e é importante reconhecer e celebrar a diversidade de experiências maternas. Reconhecer que não existe um único modelo de maternar e que as mães atípicas contribuem de maneira valiosa para a diversidade de experiências maternas é fundamental para a compreensão e empatia a todas as mães, independentemente de como elas escolham ou se veem obrigadas a criar seus filhos.


Ao receber um relatório da escola sobre uma hipótese de deficiência e depois de quase dois anos, dos médicos o laudo de TEA do meu filho, percebi que eu precisava apoiar, proteger e fomentar o desenvolvimento de um adolescente negro e neurodivergente. A fim de garantir a sobrevivência e a cidadania de um garoto para desenvolver sua autoconfiança dentro das suas potencialidades, e, sobretudo, me educar e as pessoas das nossas convivências para que percebessem a existência do meu filho e de outras crianças com deficiências diversas e neurodivergências.


Nós, mães de crianças autistas, enfrentamos dificuldades emocionais ao lidar com as demandas intensas de cuidados, preocupações com o futuro dos nossos filhos, estigma social e até mesmo desafios na interação com profissionais de saúde e educação. A sobrecarga emocional e física pode ser exaustiva, nos levando a sacrificar nosso próprio bem-estar em prol do cuidado do filho.


Existem também aqueles parentes e amigos que vem com frases prontas, não validando nossos sentimentos, esforços e situações. Sei que meu filho por ser autista nível 1 de suporte, ainda enfrenta preconceitos sociais e resistência por parte de algumas pessoas e inclusive familiares. Esta situação me entristece, pois os olhares, posturas, comentários e comparações de casos acontecem diariamente como se houvesse uma “disputa”. Sempre me pergunto, será que essas pessoas acham mesmo que gostaria que meu filho fosse autista? Fizesse terapias? Tomasse remédio? O pior que tenho quase certeza que elas acham que sim!!


Agora, reconhecer a minha sobrecarga e oferecer formas tangíveis de apoio é fundamental para mitigar esses prejuízos e promover o mínimo de bem-estar já me ajudaria. Percebi que a solidariedade e o apoio comunitário são essenciais para me ajudar a superar esses desafios. A maternidade de uma criança autista pode apresentar desafios únicos e demandas adicionais, o que leva ao cotidiano uma sobrecarga significativa para a mãe. Cuidar de um filho autista muitas vezes requer uma atenção e energia extras, pois ao longo desta caminhada vão surgindo necessidades específicas de apoio, terapias e educação.


Me vi oferecendo compreensão, empatia e suporte às mães para ajudá-las a enfrentar os desafios únicos que acontecem diariamente. Percebi que oferecer ajuda ou simplesmente estar presente para ouvi-las na maioria das vezes faz toda a diferença.

Sei que ainda tenho um longo caminho a percorrer e que irei precisar de apoio, mas também posso ser o apoio de quem precisa. Sempre podemos ajudar e sermos gentis com as pessoas. As mães passam por cobranças muito altas e temos muitas responsabilidades. Se possível, seja uma mulher que levanta outras mulheres, seja rede de apoio da forma que puder.


Na data de hoje, dia 2 de abril, é celebrado mundialmente o Dia da Conscientização do Autismo. Esta data foi criada pela Organização das Nações Unidas (ONU), com o objetivo de levar informação à população sobre o tema, reduzindo a discriminação e o preconceito em relação a quem apresenta o chamado transtorno do espectro autista (TEA), este dia da conscientização do autismo é relevante, pois não há como desenvolver esse indivíduo sem uma mudança atitudinal da sociedade.

Dessa forma, debater o tema é um dos caminhos para que as pessoas iniciem seu processo de compreensão sobre o tema e respeito.


Este é o relato de uma mãe atípica em seu processo de acolhimento e descoberta de novas formas de ser e estar no mundo junto aos seus filhos.


Obrigada pela escuta.

Rose Shayenne



622 visualizações13 comentários

13 Comments


Guest
Apr 03

Parabéns amiga vc e uma mãe guerreira e maravilhosa que Deus abençoe seus filhos orgulho de vc amiga❤️

Like
Replying to

Obrigada! Pelo carinho 🤎

Like

Obrigada!!! Pelo carinho 🤎

Like

Guest
Apr 02

Um exemplo de mãe, Lindo texto. A Rose arrasa sempre !!!

Like
Replying to

Obrigada!!! Pelo carinho 🤎

Like

Guest
Apr 02

Rose, minha querida, que texto lindo e emocionante pois sei da sua luta e de muitas outras mães, que este texto faça a sociedade ter mais empatia e reflita mais sobre nossos pequenos que não demoram muito serao adultos…te admiro muito e saiba que sempre poderá contar comigo, mesmo que nossos filhos estejam em escolas diferentes.

Like
Replying to

Obrigada!!! Pelo carinho 🤎

Like

Guest
Apr 02

relato de uma mulher guerreira! parabéns, rose! 😘

Like
Replying to

Obrigada! Pelo carinho 🤎

Like
bottom of page